· Dra. Valéria Rossato · Dermatologia · Escala Glogau - Avaliando o envelhecimento da pele |
HOME > REVISTA

Revista

ESTÉTICA
Escala Glogau - Avaliando o envelhecimento da pele

18 de agosto de 2021

Escala Glogau - Avaliando o envelhecimento da pele

Você já ouviu falar da escala de envelhecimento Glogau?

A escala de envelhecimento Glogau foi criada por um influente dermatologista norte americano chamado Richard Glogau, cuja clínica se situa em São Francisco, Califórnia. Ele criou essa escala de 4 níveis para ajudar a padronizar os pacientes em graus de envelhecimento, facilitando a tomada de decisão na hora de direcionar os tratamentos estéticos.

Grau 1 - No Wrinckles (Sem rugas).

Sinais iniciais de envelhecimento cutâneo, mudanças muito sutis na pigmentação da pele, rugas mínimas e finas, sem lentigos senis (aquelas manchinhas marrons que percebemos depois de certa idade em áreas de exposição solar como dorso das mãos e face);

Grau 2 - Típico de pacientes dos 30 aos 40 anos. O paciente possui linhas que surgem ao redor dos olhos e da boca quando movimenta a face. Alguns lentigos senis muito iniciais, marrom claro. Começa a haver uma alteração na textura da pele.

Grau 3 - Agora são pacientes com mais de 50 anos. Já possuem rugas em repouso, uma pigmentação amarronzada proeminente da pele, principalmente através dos lentigos senis, visualiza-se também vasinhos pequenos na superfície.

Grau 4 - São pacientes geralmente acima dos 70 anos, mas dependendo da exposição solar que a pessoa teve durante a vida, esse grau pode estar presente em pacientes com 60 anos. Chamada de "Only Wrinkles", cuja tradução para o português seria "Apenas Rugas". O que vemos é um fotodano severo, com rugas em todos os locais, tanto em repouso quanto em movimentação. A cor da pele possui uma coloração amarela-acinzentada, com múltiplos lentigos senis e, também presença de sinais de câncer de pele como ceratoses actínicas (umas "casquinhas rosinhas").

Cada grau na escala exige um padrão de tratamento diferente. Por exemplo, pacientes com grau 4 podem não se beneficiar da aplicação de toxina botulínica, visto que necessitam mais de sustentação do que de paralisação da musculatura.  E essa regra serve para todas as idades: um mesmo tratamento não serve para todos!

É super necessário uma indicação precisa e individualizada por um médico dermatologista com experiência em procedimentos estéticos.


Ver todas

Agendamento

Para agendamento de consultas e procedimentos, por favor entre em contato pelo nosso whatsapp: